APRESENTAÇÃO


123Bem-vindo aventureiro, seja você um recorrente desbravador de nosso trabalho e produção ou mesmo um incerto patrulheiro em sua primeira viagem às nossas terras! Aqui apresentaremos a você uma visão geral dos três dias do evento que surpreendeu fortemente o cenário carioca, estamos falando claro do 1º GGRF – Geek & Game Rio Festival (www.ggrf.com.br) que rolou nos dias 21, 22 e 23 de abril de 2017. Nestes dias O Velho Crânio contou com três perscrutadores nessa empreitada ao evento que “tomou” o 4º Pavilhão do Riocentro, no Rio de Janeiro. Cada um de nós focado no subjetivo de suas visões, buscando passar em alguns momentos o literal que seus olhos observaram e em outros uma espécie de transcodificação de pensamentos e observações nas palavras que você encontrará neste artigo.

Serão apresentados a seguir, em ordem alfabética, aqueles que buscaram nestes dias coletar e analizar suas experiências com a finalidade de levar a você um pouco do que se passou no GGRF 2017.

Apresentamos o Colunista que vos “fala” (escrevendo obviamente… hahaha) neste momento, Gabriel Velloso é também responsável pela direção de arte do canal O Velho Crânio, pela cobertura e fotos de diversos dos eventos nestes últimos anos, ocasionalmente narra representando a marca e neste momento (além de falar de si mesmo em terceira pessoa) também é o responsável pela amarra das outras “vozes” de todos os empenhados membros da equipe que participaram e contribuiram nesta matéria.

Jéssica Barros é a mais nova Colaboradora do canal e esteve conosco em todos os momentos do evento, é dela o crédito pelas belas imagens desta composição. Em breve vocês poderão conhecer um pouco mais sobre seus gostos literários em resenhas que estão chegando! Aguardem.

O Colunista Thiago Queiroz participou da cobertura e sua contribuição foi essencial para composição do contexto desta matéria. Além disso este estimado membro da equipe está presente em diversos dos maiores eventos de RPG que rolam no eixo Rio x Curitiba representando O Velho Crânio.

IMPRESSÕES GERAIS


“Thiago Queiroz não é um cara que curta jogos on-line, sabem? Nem é pelos jogadores do mesmo time “elogiando” a minha mãe toda vez que eu faço uma besteira. É que eu prefiro jogos com enredos elaborados, histórias e personagens com profundidade, algo aonde eu possa me inserir e viver aquele mundo e cenário. Seja eu o policial, o cavaleiro ou o psicopata assassino. (sim, Trevor Phillips, eu estou olhando pra você!) Quando me falaram da GGRF 2017 inicialmente dei de ombros, afinal, pra mim, convenção de “game” e cultura “geek”, imaginei que seria um grande evento voltado para jogos online, competições de games, cosplays, youtubers e um monte dessas coisas que um cara mais “velho”, “old school”, diria até, analógico de mais, não curtiria! 

Grande engano meus caros!”

– Thiago Queiroz –


WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (25)Porém, além aproveitar o que claramente uniu a identificação pessoal de cada um de nós com o gosto pelo meio apresentado no evento, buscamos trazer aqui para você o que foi dito anteriormente como uma cobertura geral, tanto o que passamos pessoalmente nessas dezenas de horas de experiências acumuladas em relatos pessoais quanto em “impressões gerais” (sendo bem fiel ao título). Inicialmente o evento foi retratado por nosso Canal na matéria “GGRF – Primeiras Impressões”, que buscou após o primeiro dia levar aos ainda indecisos ou participantes do segundo e terceiro dia um guia genérico do que estava acontecendo ali, assim como algumas dicas para o melhor aproveitamento do espaço.

Caso esteja curioso para conferir a matéria, aqui está o link: (clique aqui!)


“Lembro que cheguei em casa ao final do primeiro dia do evento ao qual, assim como eu, foram diversas as pessoas que demoraram para se acostumar com o nome. Cheguei cansado, com as pernas exauridas de energia, mas com os pensamentos a mil por hora… Logo depois de chegar coloquei o alarme para o próximo dia e descansei somente o suficiente para aguentar o dia seguinte! Acordei as 3 horas da manhã, vim para o computador e não parei até a claridade da 6ª hora do dia quando terminei de colocar alguns de meus pensamentos no site, esperando que eles inspirassem mais pessoas a ir! Foi isso que o primeiro dia fez comigo… nossa, foi muito bom!”

– Gabriel Velloso –



A GGRF 2017 foi um evento de grandes proporções, lotado em seus 3 dias de toda sorte de pessoa! Muita gente participando de apresentações que envolviam jogos em plataformas de última geração, as competições de games estavam muito divertidas, houveram inclusive apresentações de times famosos que disputam campeonatos de CS:GO e League of Legends, levando ao delírio a galera apaixonada!

Uma enorme diversidade de cosplays muito bem realizados! Nos deparamos com uma Família Adams, dos pequenos aos adultos, completa! Outro aspecto que chamou por demais a atenção foram as lojas de produtos “geeks”, que viviam sempre lotadas! Destaque para a Escola de Magia e Bruxaria do Brasil, com os vendedores vestidos à caráter, móveis de madeira adornando como prateleiras vendendo artigos de seu universo e nada menos que uma cabeça de dragão! Sim, uma escultura alojada em uma das duas paredes do estande de esquina que chamava atenção de longe!

WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (10)Outra agradável surpresa que de fato vale ressaltar foi uma grande (em termos de estande) Lojas Americanas no evento, bem em frente da entrada com seus temáticos cosplayers representando diversos dos jogos anunciados em seu espaço, desde heróis do universo DC até mesmo a participação de Shepard, uma personagem do jogo Mass Effect! E além dos games, a grande surpresa foi que o espaço estava vendendo tudo que ele normalmente vende em suas várias lojas espalhadas pelo Brasil, desde livros, água/refrigerante, guloseimas doces e salgadas até mesmo os games como mencionado anteriormente e quando não estavam com seus preços normais os itens em questão se encontravam em ótimas promoções! O grande espanto no local foi a ausência dos famosos e “temidos” preços de evento, preços que, aliás, estavam bem interessantes em grande parte das lojas!

WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (24)Mas não foram somente os espaços de games e os valores dos estandes que chamaram a atenção! Havia também um cantinho com diversos escritores, quadrinistas e ilustradores independentes exibindo desde artes muito legais até mesmo suas obras literárias por valores bem acessíveis! E ali, num cantinho, nada menos que David Lloyd autografava exemplares de V de Vingança e esboçava com seu traço inconfundível para seus fãns! Um senhor de extrema simpatia!

Andamos todos muito por lá e certamente foi feliz a surpresa ao ver o espaço “levemente” separado para os queridos jogos analógicos! Chamado de Boardgame Alley! Onde RPGs, Boardgames e Cardgames foram prestigiados com um espaço repleto de mesas, cadeiras bem confortáveis e a presença de grandes editoras do mercado nacional. Estavam lá a Galápagos Jogos, Jambô, Retropunk e a Pensamento Coletivo. Além disso, produtos de outras editoras estavam à venda tanto nestas lojas quanto em outras espalhadas pelo evento, demonstrando bastante valor ao hobbie!


“Depois de três dias de GGRF eu só tenho a dizer que o evento estava muito bom, bem organizado e que gostei muito de praticamente tudo que vi. O fato de ter sido colocado um espaço para os boardgames e o RPG, foi incrível já que várias pessoas não conheciam esse mundo tão bem e tiveram essa chance de conhecer com jogos que atraiam as pessoas como por exemplo, Hora da Aventura, essa mesa não parecia parar nunca. Fora isso, adorei o espaço dedicado a ilustradores e escritores independentes onde pude conhecer o criador das tirinhas Um Sábado Qualquer, que sigo e sou completamente apaixonada por seus personagens. Também gostei da área destinada a compra e gostaria de destacar dois lugares que me encantei com os produtos, preços e simpatia dos atendentes, a The GiftBox e a S.A Store. A The GiftBox é uma loja que também vende caixas de assinatura, que você assina e de acordo com o pacote que você escolheu recebe produtos da própria loja e de parceiras como a loja Uatt?, eu já conhecia a loja por outros eventos mas gostei de saber que ela não trabalha só com essas caixas específicas mas também vende produtos separados. A S.A Store foi um achado incrível com camisas com estampas de séries como Stranger Things, Flash entre outros e eles não só vendiam camisas como também quadros com ilustrações bem legais. Por fim, preciso falar dos cosplays incríveis que vi nesses três dias. Cada dia houve um cosplay absurdo de lindo que me fez ficar de boca aberta, no primeiro dia foi a Padmé Amidala do Star Wars que estava maravilhosa, no segundo dia foi o Gorpo do He-Man que estava bem-feito de mais e pra fechar com chave de ouro teve o Capitão América que no meio do dia trocou seu uniforme pelo da Hidra, houveram muitos outros cosplays incríveis que apareceram por lá mas esses foram os que mais chamaram a minha atenção. Mas como tudo que é bom, infelizmente o evento acabou. E deixou aquele gostinho de quero mais e aquela vontade de chegar logo o próximo pra gente ver como que vai ser, que jogos as editoras vão levar, que lugares vão chamar a minha atenção de novo e que cosplays incríveis vão aparecer. Eu gostei muito da oportunidade de ter ido e pra quem não foi esse ano, recomendo que vá no próximo e realmente aproveite, vá aos painéis, veja os torneios na arena de games, jogue uma mesa de RPG ou de Boardgame ou os dois e se divirta, porque é pra isso que a gente vai né?

Para se divertir!”

– Jéssica Barros –


WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (6)Embora tenhamos dado grande ênfase as nossas visões particulares e gerais como observadores, consumidores e participantes na cobertura do evento, teremos também outras visões de nossa equipe atreladas a este grande compilado de experiências marcantes! Em seguida teremos a participação daqueles que, nestes três dias, levaram mundos fantásticos e emocionantes desafios aos curiosos e experiêntes aventureiros que ali passavam. Na próxima parte de nossas impressões gerais estarão, em meio a descrição apurada da participação do RPG no evento, relatos de nossos queridos membros Pedro Feio e Jonata Sodré, além de outras citações.

Agora deixaremos você com…

WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (20)OS MUNDOS SELVAGENS DO GEEK & GAME RIO FESTIVAL


Pra quem se aventurou na área de RPG, Card e Board game na Geek & Game Rio Festival, não faltou oportunidade de viver aventuras rápidas, selvagens e divertidas com o pessoal da Retropunk.

Narradores de peso como Fernando del Angeles, editor da linha de RPG’s da Retropunk Publicações; Guilherme Korn, game designer e um dos tradutores do Compêndio de Horror; Eder Marques, editor assistente da Retropunk Publicações; Pedro Feio, membro da equipe do Velho Crânio.

Nas mesas de Weird Wars II, sob a narração de Eder Marques, os jogadores vestiram as peles de soldados do eixo aliado no final da Segunda Guerra Mundial. Desbaratados pela dura contra ofensiva alemã na floresta das Ardenas (Valônia, Bélgica) – conhecida como Batalha de Bulge – os jogadores encontraram refúgio temporário em um estranho Chateau que se tornou um verdadeiro pesadelo para os sobreviventes. Com as forças alemães em seu encalço, os soldados tiveram de lidar com estátuas de quebra-nozes enfurecidos e um fantasma vingativo.

WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (7)Em Terra Devastada… e Selvagem, narrada pelo próprio autor Fernando del Angeles e também por Guilherme Korn, os participantes da GGRF visitaram um mundo desolado pelo apocalipse zumbi e descobriram, ao tentar reencontrar uma das crianças de sua colônia de sobreviventes desaparecidas, que o pior de seus pesadelos ainda pode de ser outros humanos. Imbuído no espírito heróico e épico de Savage Worlds um dos jogadores atraiu uma horda de zumbis para si e, em sacrifício heróico, usou uma granada para dar cabo de si e dos mortos-vivos. Heróico não?

No Oeste Estranho de Deadlands, narrado por Pedro Feio, os participantes da GGRF puderam investigar o paradeiro da Carga Perdida da Ferrovia União Azul. Nessa aventura, originalmente escrita para o Diversão Offline de 2015, nossos
pistoleiros inventaram de tudo na GGRF, da
WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (21)troca de socos e tiros em um trem em movimento à uma estúpida e bem sucedida investida de 4 cavalheiros e 1 dama sem medo contra 30 bandidos bem burros e bem armados nos Cânions
do Deserto de Utah.


“(…)Já tinha lido trechos de Savage Worlds, mas sem ir além de poucas páginas. Contudo, tive a oportunidade de jogar uma aventura com o Pedro mestrando Savage Worlds em um cenário de faroeste sobrenatural que me prendeu do início ao fim. Além da história bem construída, o sistema se mostrou dinâmico, cativante para aventuras rápidas, assim como para campanhas mais elaboradas. Que venham as próximas!”
– Leonardo Cotts –


Para além dos compêndios e cenários de Savage Worlds publicados pela Retropunk, os participantes da GGRF puderam provar a maleabilidade do sistema. Alguns se aventuraram por mundos de fantasia medieval, com direito a uma trama de corrupção e traição, aonde o padre de um vilarejo foi desmascarado, mas não sem antes por nossos heróis a prova com uma inesperada corrida pela vida em meio às armadilhas e perigos da floresta e, acredite se quiser, uma batalha de retórica!

PARA ALÉM DO SELVAGEM E DO COLETIVO


WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (13)Foram muitas as sessões de jogo, existiam momentos em que o espaço que acreditamos conter mais de 50 mesas e com isso aproximadas 200 cadeiras estava repleto, uma cena linda! Só no último dia de evento, o estande da Retropunk ofereceu 11 sessões de RPG, contabilizando aqui as sessões de Hora da Aventura RPG, brilhantemente narradas por Fernanda Barbosa e Eveline Andrade e também a envolvente mesa de Rastro de Cthulhu, que teve direito até mesmo a platéia compondo os arredores dos participantes, aventura esta narrada pelo gentilmente apelidade “cara” do Mundo Tentacular Luciano Giehl, isso tudo sem contar as apresentações de jogos de board e cardgame da mesma editora.

O evento também contou com a participação e presença dos lançamentos além de sessões oferecidas pela Pensamento Coletivo, que também estava em peso no GGRF com os narradores de primeira buscando oferecer experiências únicas a cada um dos interessados. O espaço dedicado aos jogos da editora contou com os mestres Jonata Sodré, membro da equipe do Velho Crânio que estava fortemente empenhado nas suas narrativas em Kausao apresentando Jadepunk; O incansável Jorge Valpaços, autor de Deloyal, que em todos os dias veio a caráter e viveu cada dia um personagem diferente; Thiago Rosa que levava seus jogadores ao peculiar cenário de Mutant: Ano Zero; Além de Diogo Nogueira com seu recente lançamento Espadas Afiadas & Feitiços Sinistros também esteve presente!


PERCEPÇÃO GERAL


“O Evento não era focado no nosso público, mas isso foi o mais incrível, colocar essa galera que não conhecia os jogos analógicos para jogar e voltar nos dias seguintes, ver pais comprando Escola de Dragões para ter uma atividade junto com seu filho, gente que não jogava RPG há anos conhecendo novos sistemas.”
– Fernando Del Angeles –


WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26Acreditamos que a primeira das conclusões, como citado acima, foi um consenso de todos envolvidos na área de jogos analógicos, de fato a coexistência de um espaço bem trabalhado voltado para o hobbie com o espaço geek e de jogos eletrônicos apresentou a oportunidade deste público, que antes somente permeava sobre o tema, poder conhecer e experimentar o RPG de mesa e não somente experimentar de forma leviana, mas sim com grandes narradores e figuras reconhecidas no mercado nacional. Esse feedback presente em diversas citações foi algo que nos deixou muito felizes! Deixaremos aqui embaixo dois dos exemplos para que possam apreciar conosco um pouco disso.


“Pra mim o mais marcante do GGRF, foi apresentar o jogo para quem nunca tinha jogado antes! Crianças e adultos! Famílias! E ouvir de um dos pais. “eu vou levar esse jogo para o meu grupo de escoteiros!” Cara! Isso massa demais!”
– Jonata Sodré –


“(…)A GGRF desvelou o mundo de RPG à muitos jovens que desconheciam o Hobbie. Já narrei em eventos em que aparecesse vez ou outra alguém que nunca tivesse jogado, mas nesse evento pude mostrar RPG a pessoas que nunca tinham jogado em todas as sessões que eu narrei!”
– Pedro Feio –


Em suma a experiência foi muito proveitosa e a ver nosso aproveitamento na GGRF 2017 foi ótimo! Conversamos e atualizamos os bate papos com velhos amigos, conhecemos novas pessoas do meio, um monte de gente muito interessante! E com toda certeza, assim que soubermos mais sobre a periodicidade do evento, aguardaremos ansiosamente sua próxima data! Aguardaremos esperando ainda mais jogos analógicos, mais editoras presentes, mais apresentações de jogos, mais testes, um espaço ampliado do nosso querido RPG! Quem sabe também uma ação conjunta formando uma fachada unificada temática, ou um “domo” do RPG… fica a dica!

WhatsApp Image 2017-04-25 at 05.19.26 (12)EVENTOS DE 2017


O ano de 2017 não termina por ai, na verdade este é somente o início da vastidão do que ainda está por vir, este ano ainda guarda grandes e pequenos, porém periódicos, eventos pelo Brasil! Nós do O Velho Crânio estaremos presentes em grande parte destes no eixo Rio x Curitiba. E quem sabe em outros mais em breve?!

Dentro do calendário de nossas “aparições” em grandes eventos está a 3º edição do aclamado Diversão Offline, esse ano vindo em dobro nos dias 19 e 20 de agosto, que objetiva e executa com excelência a exibição e popularização dos jogos analógicos, além de terem uma equipe maravilhosa no comando. Em breve soltaremos mais sobre este evento aqui no canal! Em seguida a Bienal do Livro do Rio de Janeiro vem trazendo, de 31 de agosto até 10 de setembro, um avalanche no quesito de literatura e tem sempre seu cantinho voltado ao RPG, neste buscaremos levar aos curiosos um pouco sobre o evento e o quanto o meio se beneficia de boas leituras. Fechando o ano, no quesito de grandes eventos, parte de nossa equipe fará sua viagem programada à cidade de Curitiba, nos dias 23 e 24 de setembro, para o World RPG Fest!

Em relação a eventos de menor porte convidamos você que mora ou está de passagem pela cidade do Rio de Janeiro para a Guilda dos Dadosum encontro mensal criado da parceria de nossa equipe com o Mundo Tentacular e a Livraria Leitura, que nos cedeu um espaço fantástico e dedicado ao evento em uma de suas maiores lojas do estado! Para acompanhar as datas dos eventos curta a fanpage (clicando aqui) e fique ligado! O próximo é no domingo, dia 30 de abril.


Feita esta “agenda” de eventos, convidamos todos vocês a participarem conosco de cada um deles! Nos colocamos também a disposição para qualquer dúvida. Forte abraço aventureiros!

Gabriel Velloso on EmailGabriel Velloso on FacebookGabriel Velloso on InstagramGabriel Velloso on Linkedin
Gabriel Velloso
Direção de Arte / Colunista em O Velho Crânio
Designer, Humano e RPgista fanático já há mais de uma década, busco unir meus conhecimentos específicos sempre que possível com o que gosto de fazer. Apaixonado pelas referências visuais de grandes ilustradores como Alex Ross, Rebecca Guay e Frank Frazetta e pelas fantásticas obras de escritores como Stephen King, Tolkien e Eric Griffin.